Ir para conteúdo



- - - - -

doação usufruto vitalício


  • Por favor, faça o login para responder
5 respostas neste tópico

#1 Visitante_amanda

Visitante_amanda
  • Visitantes

Escrito em 12 abril 2005 - 23:02

gostaria de saber como é posivel efetuar a venda de uim imóvel com escritura de doação com usufruto vitalício,já que ao usufrutuario está com 92 anos , porém tem um procurador .
dúvidas: *o procurador pode assinar a escritura fazendo a revogação de usufruto?
* pode ser vendido este imóvel ,como cessão de direito?
* pode fazer um contrato de promesa de compra e venda registrado em cartório? o que poso fazer , agrado orientação?

#2 Rowa_Brasil

Rowa_Brasil
  • Membro Pleno
  • 64 posts
  • Localização:Curitiba
  • Interesses:Em tudo que eu posso contribuir para que o meu próximo esteja sempre bem informado e orientado.<br><br>Detesto a mentira e a inveja.<br><br>Que nosso criador sempre nos dê a luz da sabedoria e da justiça para que possamos auxiliar áqueles que necessitam, e que todos os nossos guias e protetores Umbandistas em conjunto nos dêem a cobertura necessária para que mau algum chegue até nós.

  • Estado:PR

Escrito em 13 abril 2005 - 13:20

Boa tarde, Amanda!!!


Não vejo problemas com a referida venda, desde que os proprietários da NUA PROPRIEDADE estão de acordo, pois ambos comparecerão vendendo, obviamente a de se observar a documentação, para se certificar se não existe nenhuma cláusula que os impeçam de realizar).

Com relação a procuração, se a mesma trazer os poderes necessários não há problemas.

No Instrumento Particular de Compromisso de Compra e Venda, eu colocaria a anuência das possíveis pessoas que pudessem comprometer a operação devido a idade do mesmo (92 anos) ---- filhos, irmãos.... pois a questão gera em: por qual motivo o mesmo está se desfazendo de um bem? quem estará se beneficiando? qual o interesse da transação? o Imóvel é o único? o usufrutuário possui o discernimento total da transação ou não? por que o procurador estaria assinando, seria porque o outorgante não possui mais condições?

Enfim, possui diversos fatores a serem analisados, e juridicamente você precisa estar pautada, Ok.

Em caso de dúvidas, entre em contato.


Sem mais, forte abraço e se cuide.
Roberto Wagner
rowa77@superig.com.br

#3 Visitante_Guest

Visitante_Guest
  • Visitantes

Escrito em 13 abril 2005 - 17:25

quem doou este ben foi minha avó que me criou , todos os filhos estão de acordo com a venda, só que minha avó está muito fraca para e debilitada para participar destas transações, minha tia é sua procuradora com plenos poderes, esclareço ainda que o bens doado e menos que 50% de todos os seus bens e que todos os herdeiros diretos receberam doações de um imóvel e assinaram a escritura de doação para mim.
obrigado

#4 Visitante_Guest

Visitante_Guest
  • Visitantes

Escrito em 15 abril 2005 - 22:42

:( me responda????

#5 Rowa_Brasil

Rowa_Brasil
  • Membro Pleno
  • 64 posts
  • Localização:Curitiba
  • Interesses:Em tudo que eu posso contribuir para que o meu próximo esteja sempre bem informado e orientado.<br><br>Detesto a mentira e a inveja.<br><br>Que nosso criador sempre nos dê a luz da sabedoria e da justiça para que possamos auxiliar áqueles que necessitam, e que todos os nossos guias e protetores Umbandistas em conjunto nos dêem a cobertura necessária para que mau algum chegue até nós.

  • Estado:PR

Escrito em 16 abril 2005 - 11:58

Bom dia, Amanda!!!


Primeiramente queira me desculpar, pois esta semana foi complicada.

Referente ao seu caso, não vejo problemas em promover a devida transação, o que você precisa é realmente estar ciente de toda a documentação/transação.

Verifique se quando do Instrumento de Outorga do USUFRUTO/NUA PROPRIEDADE, não existia nenhuma Cláusula que possa vir a comprometer a transação.

Faça o Instrumento Particular de Compromisso de Compra e Venda o mais claro possível, envolvendo todas as pessoas sem exceção. (independentemente da outorga da Escritura)

O que você pode fazer é, assim que elaborar a minuta do Instrumento Particular, encaminhá-la para que eu possa verificar e acrescentar tudo aquilo que por ventura eu acredite que venha a colaborar com a transação, pois este instrumento dará a sustentabilidade necessária entre as partes, uma vez que o Instrumento Público não trará especificamente todas as obrigações e deveres.

Em caso de dúvidas, favor entrar em contato.


Forte abraço, e se cuide.
Roberto Wagner
rowa77@superig.com.br

#6 Visitante_Guest

Visitante_Guest
  • Visitantes

Escrito em 16 abril 2005 - 17:20

muito obrigado, minha preoculpação é que tenho uma firma comempregado na justiça!!!! tenho algum impedimento??,




0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)